Saúde

A importância dos probióticos

Esta é uma altura em que, mais do que nunca, ouvimos falar de imunidade e de que forma podemos agir para melhorarmos a capacidade de resposta do nosso sistema imunitário. As teorias são muitas e as opções no mercado ainda mais. A verdade é que não existe uma resposta milagrosa e totalmente válida ou compatível com todos nós. Mas existem, no entanto, diversos estudos sobre a forma como determinados suplementos podem ser eficazes em situações bastante diversas.

O que são probióticos

Os probióticos são microorganismos vivos que estão presentes em alguns alimentos mas que também podem ser ingeridos sob a forma de suplemento. A sua principal função é ajudar a manter o equilíbrio das bactérias no nosso intestino, contribuindo largamente para o nosso bem-estar. No entanto, a acção dos probióticos pode ir muito mais longe.

Há alguns factores que podem provocar desequilíbrios na flora intestinal, nomeadamente, uma alimentação pouco equilibrada, o stress e também alguns tipos de medicação, por exemplo, os antibióticos. Os probióticos ajudam a encontrar este equilíbrio da flora intestinal, permitindo que esta desempenhe eficazmente o seu papel. A flora intestinal é fundamental na manutenção da saúde do nosso organismo, sendo muito importante no que diz respeito às nossas principais defesas.

A ingestão de probióticos pode ser benéfica de diversas formas e, como reforça o nosso sistema imunitário, tem a capacidade de ajudar o nosso organismo a combater algumas doenças e infecções.

Intestino, o nosso segundo cérebro

Não é novidade que o nosso intestino contém uma enorme quantidade de organismos microbianos e que estes influenciam diretamente a nossa saúde e bem-estar. Ao longo dos anos e à medida que a ciência avança, tem-se verificado que a função do intestino vai muito além da conhecida digestão. A saúde do intestino é também vital para um normal funcionamento do sistema imunitário e, por incrível que possa parecer, do nosso estado emocional.

São vários os estudos que comprovam que cerca de 70% das células do sistema imunitário vivem no nosso intestino e, por isso, não há dúvidas, devemos mesmo ter bastante atenção a este microbioma.

Como melhorar o nosso microbioma intestinal

O microbioma não é mais do que o conjunto de microrganismos que vivem no nosso organismo e que influenciam diretamente o nosso estado geral de saúde. O universo dos microrganismos é bastante complexo e é, muitas vezes, responsável por variadas doenças. Por essa razão, é fundamental que o encaremos como uma peça chave para o nosso bem-estar e cuidemos dele da forma mais saudável possível.

Como? Bem, em primeiro lugar e devendo ser sempre a nossa prioridade, devemos ter uma atenção redobrada com a nossa alimentação. No nosso intestino habitam milhões e milhões de diferentes micróbios e cada um destes micróbios se desenvolve com base em diferentes alimentos. E é extremamente importante que todos estes pequenos micróbios sejam capazes de desempenhar as suas funções, pois são eles que estão responsáveis pelo bom funcionamento no nosso organismo.

Uma alimentação variada vai potenciar a existência de um microbioma mais rico e saudável, contribuindo assim, consequentemente, para uma melhoria do nosso estado geral de saúde e para o nosso bem estar.

Nos casos em que a alimentação não é suficiente poderemos, então, recorrer a suplementação adequada.

Porque devemos tomar probióticos

Um cuidado regular com a flora intestinal e uma boa saúde digestiva são fundamentais para que possamos garantir o nosso bem-estar e até mesmo para que consigamos evitar algumas doenças. No caso específico dos probióticos, também as crianças os poderão tomar mas é importante que este seja prescrito por um profissional qualificado. Não há uma fórmula universal que seja transversal e benéfica para todos nós e, por isso, é crucial que cada pessoa seja avaliada de uma forma integral para que seja possível encontrar a solução mais adequada a cada caso.

Probióticos e a controvérsia da medicina pouco convencional

O tema dos probióticos e a suas vantagens para a nossa saúde são ainda muito pouco falados, mas é importante que saibamos mais sobre o assunto, a nossa saúde irá, certamente, agradecer.

Todas as descobertas, todas as teorias e perspectivas têm sempre os dois lados, o lado dos defensores e o dos cépticos. Se, por um lado, há quem apoie convictamente a utilização de probióticos para diversas finalidades e situações, por outro há quem defenda que existem sempre desvantagens associadas ao uso deste suplemento. E, na verdade, é um facto que nenhum probiótico será benéfico de uma forma geral para todas as pessoas e, por essa mesma razão, é então fundamental o estudo caso a caso.

Procurem informação ou, melhor ainda, um profissional que vos ajude a encontrar e manter o vosso bem-estar e a vossa saúde!

Similar Posts